0

Um taxista pega uma freira

Um taxista pega uma freira. Ela entra no táxi e percebe que o taxista MUITO bonito não para de olhar para ela. Ela pergunta por que ele está olhando.

Ele responde: “Tenho uma pergunta a fazer, mas não quero te ofender”

Ela responde: “Meu filho, você não pode me ofender. Quando você tem a minha idade e é freira há tanto tempo, você tem a chance de ver e ouvir quase tudo.

Tenho certeza de que não há nada que você possa dizer ou perguntar que eu considere ofensivo.”

“Bem, sempre tive a fantasia de que uma freira me beijasse.”

Ela responde: “Bem, vamos ver o que podemos fazer sobre isso –

você tem que ser solteiro e

você deve ser católico.”

O taxista fica muito animado e diz: “Sim, sou solteiro e católico!”

“OK”, diz a freira. “Entre no próximo beco.”

A freira realiza sua fantasia com um be*** que faria corar uma prostituta. Mas quando voltam para a estrada, o taxista começa a chorar.

“Minha querida filha”, disse a freira, por que você está chorando?

“Perdoe-me, mas eu pequei. Menti e devo confessar, sou casado e sou judeu.”

A freira diz: “Tudo bem. Meu nome é Steve e vou a uma festa de Halloween!”